Nike News

Your source for the latest NIKE, Inc. stories

Neymar Jr e Nike Apresentam Edição Especial da Chuteira Hypervenom

Quando tinha 12 anos, em Santos, Neymar Jr já era vidrado em futebol e costumava pintar suas chuteiras com tinta spray dourada. Agora, a Nike cria uma versão da chuteira Hypervenom inspirada nessa época para ser usada durante a segunda fase do maior torneio do futebol mundial e ao longo da próxima temporada.

A Hypervenom Phantom foi lançada por Neymar Jr no Rio, no início de 2013. A chuteira causou impacto imediato nos pés do craque que ajudou o Brasil a vencer a competição mais importante disputada pela Seleção no ano passado.

“Quando conhecemos Neymar, ele nos contou que, aos 12 anos, tinha o hábito de pintar suas chuteiras com tinta spray dourada. Ele disse que sempre quis ter um par dessa cor, mas não conseguia encontrá-lo em lugar nenhum. Então pegamos essa ideia e decidimos que este momento seria perfeito para lançar essa chuteira”, diz Denis Dekovic, Diretor de Design da Nike Futebol. “O maior desafio foi obter o tom perfeito de dourado para manter o visual de pintura com tinta spray. Trabalhamos em estreita parceria com Neymar para chegar ao resultado mais próximo possível da cor que ele lembrava ter usado na infância. Estamos muito felizes com o resultado, e ansiosos para ver a chuteira em campo”. 

Esta versão especial da Hypervenom Phantom traz também um detalhe exclusivo na palmilha que faz uma referência gráfica à história de Neymar Jr: o desenho de uma lata de tinta spray dourada ao lado da chuteira.

A equipe de design da Nike Futebol criou a Hypervenom observando, antes de mais nada, as tendências para os atacantes da atualidade.

“A Nike Hypervenom é uma reação às mudanças que vêm ocorrendo no futebol. Os jogadores querem ser mais velozes – não apenas na corrida, mas também quando estiverem com a bola nos pés em espaços apertados. Eles têm de criar oportunidades do nada. A Hypervenom foi desenhada para ajudar a enfrentar os zagueiros velozes, dando aos atacantes a fração de segundo que pode ser decisiva”, diz Dekovic.

NIKESKIN UPPER

A equipe de design sabia que o produto precisava reexaminar a forma de criar chuteiras.

“Normalmente a criação de uma nova chuteira está centrada numa evolução do caimento, do material do cabedal, da placa do solado ou da configuração das travas. A Hypervenom traz novas soluções para todas essas áreas”, explica Dekovic.

O cabedal da Hypervenom foi criado usando o novo sistema NIKESKIN. Esta execução traz uma malha leve e flexível, unida por uma fina camada de poliuretano. O acabamento usa a tecnologia Nike All Conditions Control (ACC), que garante o mesmo controle do pé sobre a bola em climas úmidos e secos.

“A malha assegura um alto grau de conforto e sensibilidade. Os atletas pediram uma chuteira que oferecesse a sensação mais próxima possível de jogar descalço”, diz Dekovic. “A malha nos deixa ainda mais próximos disso, e o acabamento que garante controle em qualquer clima mantém a chuteira seca”.

SOLA E FÔRMA APERFEIÇOADA

A Hypervenom usa uma nova fôrma dos pés, que evita qualquer excesso de material e coloca o pé mais próximo do chão e da bola.  

A Nike trabalhou com alguns dos melhores podólogos do mundo na criação de uma sola que aumenta a capacidade do jogador dar o primeiro – e fundamental – passo para se livrar de um zagueiro. Uma ranhura na parte dianteira do pé ajuda a ativar o metatarso com rapidez – osso que define o tempo de reação no primeiro movimento do pé.

O chassi da sola tem nylon comprimido, que possibilita a construção de uma placa de alta sensibilidade – garantindo força e, ao mesmo tempo, baixíssimo peso. A configuração e o comprimento das travas foram desenhados para permitir uma penetração mais rápida na superfície – e, em última análise, para soltar mais rapidamente. Todas essas inovações foram criadas para ajudar o jogador a abrir espaço mais rápido do que nunca.

SERVIÇO

A Hypervenom Phantom na versão dourada estará disponível no Nike.com e outros pontos de venda selecionados em todo o Brasil, ao preço sugerido de R$ 1200,00, a partir de 26 de junho.