Skip to Content

Nike News

Your source for the latest NIKE, Inc. stories

Holanda Lança Segundo Uniforme para 2014

A seleção da Holanda ganhou um novo segundo uniforme, exclusivo e vibrante, que alia inovação e performance a detalhes da cultura holandesa. O lançamento aconteceu na antiga fábrica Westergasfabriek, em Amsterdã, com os jogadores da Seleção Holandesa Joël Veltman, Davy Klaassen e Jean-Paul Boëtius.

“O desenho da segunda camisa tem um ar jovem, e certamente vai aumentar o orgulho dos jogadores e torcedores holandeses”, afirma Martin Lotti, Diretor Criativo Global da Nike Futebol. 

A nova camisa da Holanda traz uma grade isométrica como estampa de fundo, com traços que se cruzam. O grafismo começa em azul vivo na parte superior, vai se tornando mais escuro na inferior e termina em tom de roxo na barra. 

O padrão tem brilho e profundidade, numa representação da importância da água na vida dos holandeses e na paisagem do país. O azul também simboliza a família real holandesa e lembra o tom da cruz que aparece na bandeira da casa real.

O design ainda reflete a essência do futebol da Holanda e o estilo dinâmico imprimido pelo técnico Louis van Gaal, característica absorvida por todo o time, criando movimentos e passes que se encaixam no sistema de jogo. 

Assim como no uniforme principal, lançado no dia 1º de Março, para comemorar os 125 anos da fundação da Real Associação de Futebol Holandês, o uniforme traz um escudo impactante. O emblema tem um grande leão laranja que representa a nova era do futebol holandês, bem como os valores de simplicidade, honra e união. 

Abaixo do escudo aparece o ano de fundação da Real Associação de Futebol Holandês – 1889 – e o ano de 2014, marcando os 125 anos de história. Um detalhe laranja está escondido dentro da barra da camisa. Os jogadores podem virá-lo para fora e demonstrar sua individualidade. Por dentro da camisa, atrás do pescoço, há uma etiqueta em formato de flâmula com o desenho de uma coroa na cor laranja. 

A Nike trabalhou em parceria com o lendário designer e tipógrafo holandês Wim Crouwel na criação de uma fonte para os nomes e números do uniforme. Crouwell utilizou a parte de trás da camisa da Holanda como tela para criar uma fonte moderna, que utiliza também uma estética retrô. As linhas por dentro dos números lembram os famosos números que estampavam as camisas de futebol na década de 70. No fundo de cada número vê-se um pequeno escudo da Real Associação de Futebol Holandês. 

“Além de ser confortável para os jogadores em campo, o novo segundo uniforme se sobressai", diz o lateral-direito Gregory van der Wiel. “Adorei as cores vivas, e espero que os torcedores também gostem”.  

O novo calção é roxo com o corte mais estreito e ajustado ao corpo, desenhado especialmente para facilitar os movimentos e aumentar o conforto. A parte central atrás do calção traz o tecido de ventilação que é marca registrada da Nike, auxiliando no resfriamento do corpo e no controle da umidade. Os meiões também são roxos.  

A camisa estará disponível no Nike.com e nas lojas de todo o Brasil a partir de 3 de abril, em duas versões: uma idêntica a dos jogadores, ao preço sugerido de R$ 349,90, e outra para torcedores,com preço sugerido de R$ 229,90.

REVOLUÇÃO EM RESFRIAMENTO E CONFORTO

A tecnologia Dri-Fit, que extrai o suor do corpo para fora do tecido, para evaporação mais rápida, está presente em todas as peças. A temperatura do corpo, medida em testes que indicaram as áreas de maior aquecimento quando em movimento, é regulada pelas zonas de ventilação. Essas áreas são compostas por pequenos furos cortados a laser, que vão das axilas até o quadril, e garantem que o ar circule para manter o conforto. Elas também estão presentes na parte de trás do calção, ajudando a controlar o calor e facilitando o movimento dos atletas. A trama do tecido Nike Dri-FIT “burnout” mesh é mais aberta ou fechada em cada parte da peça, dependendo da necessidade de mais suporte ou ventilação para o corpo do atleta.

"Ao extrair o suor e manter o corpo frio por mais tempo, os jogadores se sentem mais confortáveis”, disse Martin Lotti, diretor criativo da Nike Futebol.

Além de manter os jogadores secos, a Nike está utilizando a nova tecnologia Double Knit, o melhor Dri-Fit de toda a linha Nike Futebol, que incorpora algodão e poliéster reciclado. Essa tecnologia é o que há de melhor para a absorção de umidade, acrescentando um toque suave e mais agradável.

Até as meias têm ajuste mais fino, específico para o futebol. Zonas de amortecimento no dedão e tornozelo protegem os pontos onde ocorrem os maiores impactos, enquanto o suporte em arco previne que o jogador escorregue. No calcanhar e parte superior, camadas flexíveis evitam enrugamento.

RESPONSABILIDADE E MEIO AMBIENTE

Alinhado com o compromisso da Nike em combinar desempenho atlético e menor impacto ambiental, o uniforme completo é 16% mais leve do que o anterior. Os shorts contam com 100% de poliéster reciclado, enquanto o tecido da camisa tem o mínimo de 96% do mesmo material e 4% de algodão orgânico. Até as meias foram redesenhadas para melhor performance e redução do impacto ambiental, com 78% de poliéster reciclado.

Para a confecção de cada uniforme são recicladas cerca de 18 garrafas plásticas. Desde 2010, a Nike desviou mais de 2  bilhões de garrafas PET de aterros sanitários por meio do uso de poliéster reciclado.

AJUSTE PERFEITO

Para o desenvolvimento do uniforme foram realizados estudos que identificaram as regiões do corpo dos jogadores com maior nível de tensão durante os jogos, a partir da análise de onde os atletas colocavam mais força. Assim, foram acrescentadas mais resistência e elasticidade para amplificar mobilidade e conforto em áreas como peito, ombros e pernas.

A equipe de designers também utilizou uma tecnologia 3-D de escaneamento corporal. Uma espécie de raio-X do corpo inteiro dos atletas coletou dados completos em relação à anatomia do jogador de futebol. Com esses dados, elaboraram um ajuste atualizado, proporcionando ao corpo um movimento mais natural dentro do uniforme.